Anguilla atualiza protocolos de saúde para visitantes

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

Taxa de entrada e requerimentos de isolamento social serão reduzidos para pessoas vacinadas

O Conselho Executivo de Anguilla aprovou uma Estratégia de Saída do Estado de Pandemia, que compreende uma série de protocolos de entrada revisados, alguns dos quais entrarão em vigor imediatamente, enquanto outros serão introduzidos, em fases, nos próximos meses. A estratégia é projetada para fazer a transição segura da ilha deste período prolongado de contração econômica para gerar a atividade comercial necessária para revitalizar a economia.

“Reconhecemos que a ampla distribuição e administração de vacinas em nossos principais mercados de origem, bem como aqui em Anguilla, têm profundas implicações para nossa indústria de turismo”, afirmou o Ministro do Turismo, Haydn Hughes. “À medida que mais pessoas são vacinadas e novas infecções começam a se estabilizar, acreditamos que revisitar e atualizar nossos protocolos de entrada é apropriado neste momento. Como sempre, a saúde e a proteção de nossos visitantes e residentes são fundamentais, e estamos mais uma vez adotando uma abordagem em fases para a reabertura total e segura de nossa ilha”.

 

“Trabalhamos diligentemente com o Ministério da Saúde para desenvolver nossos protocolos, o que garantiu a posição de Anguilla como o principal destino na gestão e controle bem-sucedidos da pandemia”, declarou a Secretária Parlamentar de Turismo, Quincia Gumbs-Marie. “Demos continuidade a esta colaboração bem-sucedida na concepção de nossa Estratégia de Saída do Estado de Pandemia, que nos permitirá reconstruir nossa indústria e retornar ao pleno emprego, como boas-vindas aos nossos visitantes de volta a Anguilla”.

 

As seguintes medidas entraram em vigor na segunda-feira, 12 de abril de 2021:

  • Os requerimentos de isolamento social nos hotéis para viajantes internacionais que estão totalmente vacinados, com a dose final administrada pelo menos três semanas (21 dias) antes da chegada, é reduzido de 14 para sete dias
  • As pessoas ainda deverão se submeter a testes 3-5 dias antes de sua chegada, na chegada e no final do período de isolamento
  • Famílias multigeracionais e / ou grupos com pessoas não vacinadas e vacinadas terão que ficar em quarentena por um período de 10 dias, utilizando apenas serviços aprovados de curta permanência.
  • A taxa de entrada para visitantes totalmente vacinados que permanecerem por menos de 90 dias em uma villa ou hotel é de US$ 300 por pessoa e US$ 200 por pessoa adicional
  • A taxa de entrada para residentes que retornam totalmente vacinados ou visitantes que estão hospedados em uma residência aprovada é de US$ 300 por indivíduo e US$ 200 por pessoa adicional
  • A taxa de inscrição para residentes que retornam não vacinados ou visitantes que estão hospedados em uma residência aprovada é de US$ 600 por indivíduo e US$ 200 por pessoa adicional

 

A partir de 1º de maio, os seguintes protocolos serão aplicados:

  • Todas as pessoas que viajam em grupos de mais de 10 pessoas devem estar totalmente vacinadas para entrar e participar ou conduzir qualquer evento em Anguilla, por exemplo, casamentos, conferências etc.
  • Serviços de spa, academia e cosmetologia serão permitidos se hóspedes e terapeutas da equipe estiverem totalmente vacinados, ou seja, três semanas se passaram desde a dose final de uma vacina aprovada
  • Todos os funcionários da hotelaria da linha de frente, junto com o pessoal do porto e transporte, estão obrigados a receber a vacinação contra a COVID-19 (primeira dose até 1º de maio)

 

“Recebemos com segurança milhares de hóspedes nos últimos cinco meses e estamos confiantes de que continuaremos a fazê-lo sob este regime alterado”, declarou Kenroy Herbert, presidente do Conselho de Turismo de Anguilla. “Nossos visitantes apreciam as medidas extras que tomamos para garantir sua segurança e, ao mesmo tempo, permitir que vivenciem nosso produto turístico excepcional. Há um grande interesse em Anguilla e estamos vendo um aumento significativo em nossas chegadas; nossas reservas futuras para este verão e particularmente o inverno 2021/22 (no Hemisfério Norte) também são muito encorajadoras”.

 

Estima-se que 65% a 70% da população residente de Anguilla terá sido totalmente vacinada até o final de junho de 2021, permitindo que a ilha obtenha imunidade coletiva. A partir de 1º de julho, Anguilla removerá as taxas de entrada e os requisitos de quarentena para visitantes que estejam totalmente vacinados pelo menos três semanas antes da chegada. Os protocolos serão revisados ​​em fases, levando à eliminação de todos os requisitos até 1º de outubro de 2021.

 

A Fase 1, que vai de 1º de julho a 31 de agosto de 2021, inclui:

  • Todos os visitantes de Anguilla que são elegíveis para serem vacinados contra a COVID-19 devem estar totalmente vacinados pelo menos três semanas antes da chegada (ou seja, pessoas com 18 anos ou mais)
  • Pessoas totalmente vacinadas não serão testadas na chegada
  • Pessoas com comprovante de vacinação completa contra a COVID-19 não serão obrigadas a entrar em quarentena na chegada se a dose final da vacina tiver sido administrada pelo menos três semanas antes da data de chegada
  • Todas as pessoas que entrarem em Anguilla serão obrigadas a apresentar um teste para a COVID-19 negativo feito 3-5 dias antes da entrada
  • Famílias multigeracionais e / ou grupos com uma mistura de indivíduos que não são elegíveis para a vacina (ou seja, crianças), não precisarão ser colocados em quarentena, mas precisarão de um teste PCR negativo feito 3-5 dias antes da chegada, e podem ser testados à chegada e posteriormente durante a sua estadia
  • Os residentes que retornarem não vacinados serão obrigados a:
  • Apresentar um teste de COVID-19 negativo feito 3-5 dias antes da chegada
  • Submeter-se a um teste contra a COVID-19 na chegada
  • Cumprir quarentena por 10 dias em acomodação aprovada

 

A Fase 2 vai de 1º de setembro a 30 de setembro de 2021 e inclui:

  • Os residentes que retornarem não vacinados serão obrigados a:
  • Apresentar um teste de COVID-19 negativo feito 3-5 dias antes da chegada
  • Submeter-se a um teste de COVID-19 na chegada
  • Cumprir quarentena por 7 dias em acomodação aprovada

 

A Fase 3, que significa o final da Estratégia de Saída da Pandemia do governo, entra em vigor em 1º de outubro de 2021 e inclui:

  • O pedido de autorização para entrada será removido
  • Será dever de todos os operadores de transporte garantir que seus passageiros tenham toda a documentação necessária para a entrada, incluindo:
  • Evidência de vacinação contra a COVID-19 concluída
  • Teste antes da chegada para residentes que retornaram não vacinados
  • Todas as disposições da Fase 2 para pessoas não vacinadas permanecem em vigor
  • Os requisitos legais para empresas que prestam serviços a hóspedes de curta duração (aqueles que operam na “bolha de turismo”) serão totalmente removidos

 

Para obter informações sobre Anguilla, visite o site oficial.

Outras Notícias

Congresso Abrajet

“O turismo é o único setor da economia que dá respostas rápidas na geração de emprego. Quem quiser fazer um estado crescer, ou o País

Leia mais