Snowland reabre para o público

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram

O trator Pisten Bully 100 foi trazido da Alemanha especialmente para tratar a neve. Crédito: Divulgação Snowland

Uma das principais atrações turísticas do Brasil, o Snowland, de Gramado (RS), retoma as atividades nesta quinta-feira, dia 25 de junho. O Parque reabre atendendo todas as exigências de segurança sanitária solicitadas pelo Governo e respectivos órgãos, com o objetivo de preservar a saúde e a vida de clientes, colaboradores e da comunidade.

Neste período de baixa temporada, o empreendimento não abrirá nas quartas-feiras. E, no mês de julho, ampliará seu horário de funcionamento, que é das 9h às 17h, para até as 20h nas sextas-feiras e sábados, dias de maior movimentação. “Desta forma, poderemos atender os visitantes em dois turnos, evitando aglomerações”, informa o diretor executivo do Snowland, Paulo Mentone.

Para realizar a reabertura com segurança, o Snowland implantou mais de 50 procedimentos de segurança, conforme os protocolos desenvolvidos por associações de parques internacionais e nacionais. Dentre as medidas adotadas está a higienização completa de roupas e equipamentos utilizados pelos visitantes na lavanderia industrial localizada dentro do empreendimento. A lavagem será realizada com produtos profissionais autorizados pela ANVISA e secados a 45°.  Já desinfetados, os itens serão entregues aos visitantes em embalagens individuais lacradas. Após o uso, serão enviados novamente para a lavanderia para serem higienizadas, ação que será monitorada por um biomédico infectologista contratado.

Confira no vídeo algumas das medidas adotadas pelo Snowland para manter a segurança dos visitantes: https://we.tl/t-iNLXqnOGma

Mesmo com as portas fechadas devido a pandemia do Coronavírus, o Snowland também manteve os mesmos cuidados com a Área de Neve de quando o Parque está aberto. Todos os dias, uma equipe especializada – utilizando os equipamentos de proteção individuais exigidos pela Anvisa e Ministério da Saúde – trabalhou por até 24 horas na manutenção da neve do espaço de 8 mil m².

Para criar a neve, que não é artificial, o Parque segue o mesmo processo de fabricação para a produção realizado pela natureza. A diferença é a utilização de água clorada como matéria-prima. Para manter a consistência, a temperatura média gira em torno de -4° a -10°.

Além da produção da neve, os profissionais realizaram diferentes ações para mantê-la em boas condições, e com alto padrão de segurança para os visitantes, usando tratores especializados e até mesmo manualmente. “Quando fechamos, no dia 20 de março, retiramos 30 cm da neve que recobria esta área fria, como medida de segurança e já produzimos muita neve nova, fofa e branquinha para recobrir a área”.

De acordo com o diretor executivo Paulo Mentone, manter a produção diária e o tratamento da neve estava no plano de reabertura do Snowland. “Nos preparamos para reabrir oferecendo o padrão de excelência que sempre tivemos. Nosso negócio é o entretenimento, mas nossa maior preocupação são as pessoas. Queremos criar experiências inesquecíveis, e totalmente seguras”, finaliza o executivo.

Outras Notícias

História da Cidade

São Paulo, nossa cidade!São Paulo da cultura, da comida, do lazer, do trabalho. Da garoa, das tempestades. Da política, da luta, da emoção. São Paulo

Leia mais